terça-feira, 14 de novembro de 2017

Atualização do Patrimônio Financeiro - Outubro de 2017: R$18.234,68 ou + R$57,41 (0,32%).

Olá senhores, usando o computador do trabalho só para título de informação já na metade do mês da atualização financeira, Outubro sem dúvida está sendo o mês mais infeliz que estou tendo este ano, a questão dos custos da operação da minha mãe foi a ponta do icebergue dos problemas que ando enfrentando neste mês para cá.

Até o momento estou sem computadores, e não podendo postar nada de forma mais caprichada, celular possui poucos recursos quando se fala em edição, e também não gosto de gastar minha vista fazendo textos longos no celular.

Assim que chegar a nova fonte de energia para o notebook, explicarei com mais clareza sobre os problemas que passo e o que tenho feito para resolvê-los.

Não é brincadeira não, penso muito se há algum "encosto" estagnando minha vida, já estou com saúde debilitando por estresse, todo mundo só sabe me cobrar, esse trabalho onde tenho que passar a noite ouvindo problema dos outros que me obrigam a resolvê-los, infelicidade muito grande em perceber um fio de cabelo branco na minha cabeça :(

Minha mãe, após cirurgia, por duas vezes me ligou pedindo auxílio para comprar medicamentos para levar até ela, em uma das comprar, fiquei como idiota na farmácia porque o medicamente tinha a mesma fórmula do qual ela já tomava. Essa experiência me fez lembrar de um pensamento:


"Pobres fazem filhos por carência e ter alguém para cuidá-los em sua velhice, Ricos fazem filhos para terem herdeiros e sucessores".


Não minto que minha mente está sendo perturbada com a ideia de que a minha mãe, próximo dos 50 anos, decidiu pôr em prática o plano que todos os pais pobres tem para com o filho, de fazê-los gastar o pouco que sobre para servir de assistência. Tenho de alguma forma fazer entender que não entrarei  nesse vício e que tenho uma vida para ganhar.

14 comentários:

  1. Kkkkkkkkkkkkkkk interessante

    Agora, vc tem q cuidar da sua saude...exercícios aliviam estresse
    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ter que morar na academia para os exercícios superarem o estresse rsrsrsrs.

      Abraços.

      Excluir
  2. Tem sido barra em casa tambem, mas isto vai passar. Não tente somente jogar a responsabilidade pra cima de vc. Excesso de cobrança uma hora a conta chega. Tente relaxar mais. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza estou melhor que os caras das suas estórias rsrsrsrs obrigado pelo apoio.

      Abraço do Norte.

      Excluir
  3. Meu amigo, acontece em todas famílias com pensamento de pobre. Minha mãe quer me tornar escravo dela. Se aluguel aqui no inferno de janeiro fosse barato eu já teria saído de casa faz tempo.

    Meu pai tá pra se aposentar e quer voltar pro nordeste. Minha mãe já veio com o papo torto me perguntando se eu iria com eles. Já cortei logo falando que eu me viro, que eles vão viver a vida deles.

    Nem arranjo namorada para não virar assunto pras fofocas dela. Minha vida é uma merda eu sei.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante, estou com esboço para empreender no nordeste, se eu tivesse alguém com suas virtudes e formação em administração, seria um vento soprando na vela do meu barco.

      Nordeste não é lá esse caos, pode ser, talvez, uma oportunidade de uma realidade.

      Abraço do norte.

      Excluir
  4. Fala RN!

    Cara, é uma situação tensa mesmo, mas se você tiver tempo, tente praticar meditação, ela te ajuda a colocar a cabeça no lugar, e também diminui muito o estresse.

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meditação, li um pouco a respeito, conheço os conceitos (alguns), só não sei como pôr em prática, vlw pela dica.

      Abraço do norte.

      Excluir
  5. caramba cara, estou passando isso com meus pais também !!
    Mas as vezes da um pouco de pena, mas eu vejo que tiveram oportunidades e não aproveitaram , não pensaram no futuro e me fudi por causa dessa porra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos sentir ira deles, apenas pena e compaixão por não terem encontrado a iluminação que nós da blogosfera temos, mas de qualquer forma, a situação deles e dos pais deles não terem se mexidos no passado, colaborou para estarmos nessa pindaíba rsrsrsrsrs.

      Abraço do norte.

      Excluir
  6. Não tenho esse tipo de problema com minha mãe, mas pode ser que eu tenha no futuro, o pior de tudo que sou filho único não tem para onde correr !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negócio é ser o único com capacidade para custear assistências aos pais, minha só tem apoio moral a oferecer, vontade de rir é grande.

      Abraço do norte.

      Excluir
  7. Olá RN,

    Bom que meus pais não precisam de mim, mas conheço muitos que são ajudados pelos filhos.
    Gostei de frase que você colocou.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Na boa: pai, mãe e filho a gente ajuda e não fica reclamando. Sua mãe deve ter se esforçado para ajuda-lo a ser quem você é. Se o peso está muito grande, sugiro que você limite a ajuda. Reservando valores para essa ajuda como se fosse um investimento, sem deixar de fazer seus investimentos próprios.

    ResponderExcluir